Dica: removendo arquivos do tempdb

Recentemente ao realizar o acerto dos arquivos do tempdb em instâncias do SQL Server 2012 e superiores, me deparei com uma situação que ainda não tinha visto nas versões anteriores ao SQL Server 2012.

Vamos a simulação do problema!

Ao executar o comando abaixo:

ALTER DATABASE tempdb REMOVE FILE temp03

O erro abaixo é apresentado:

Msg 5042, Level 16, State 1, Line 2
The file ‘temp03’ cannot be removed because it is not empty.

Com a mensagem acima, executei o comando abaixo:

USE tempdb
GO
DBCC SHRINKFILE(temp03,EMPTYFILE)

DBCC SHRINKFILE: Page 3:32 could not be moved because it is a work table page.

Msg 2555, Level 16, State 1, Line 4
Cannot move all contents of file “temp03” to other places to complete the emptyfile operation.

E agora? O SQL Server informa que não é possível remover o arquivo do tempdb porque o mesmo não está vazio e ao tentar realizar o shrink o SQL informa que não consegue mover todo o conteúdo para outro arquivo.
Confesso que a primeira vez que vi o erro fiquei confuso!

Abaixo, eu mostro como está a distribuição dos arquivos do tempdb da instância.

Trace Flag 3608

Para a simulação desse problema, estou utilizando o SQL Server 2017.
Uma das formas que eu encontrei para contornar esse comportamento é utilizando a Trace Flag 3608.
A TF 3608 faz com que não ocorra o start e recovery de nenhuma base de dados, exceto a master. Nessa situação as bases de dados só passarão pelo start e recovery ao serem acessadas e com isso é possível executar o comando de exclusão dos arquivos do tempb sem receber o erro “The file xxx cannot be removed because it is not empty”.

https://docs.microsoft.com/en-us/sql/t-sql/database-console-commands/dbcc-traceon-trace-flags-transact-sql?view=sql-server-2017

Habilitando a Trace Flag 3608

A primeira coisa a fazer é acessar o SQL Server Configuration Manager, ir nas propriedades do serviço do SQL Server e selecionar a aba Startup Parameter.

SQLServerConfigurationManagerStartupParameter

No campo Specify a startup parameter adicione o parâmetro -T3608 e clique no botão Add.

3608

Feito isso, basta realizar stop/start do serviço do SQL Server e com o SQL Server reiniciado, podemos observar no ERRORLOG que a engine fez o recovery apenas na base de dados master.

Com isso podemos observar que ao listar os arquivos do tempdb novamente, apenas os arquivos padrão de quando o SQL Server foi instalado será listado.

tempdb3608

Porém se listarmos os arquivos do tempdb pela sys.master_files iremos observar que os demais arquivos estão configurados, porém como o tempdb não foi realizado o recovery eles não estão em uso.

sysmasterfile3608

Feito isso agora iremos conseguir realizar a exclusão dos arquivos do tempdb com sucesso.

tempdb_removefile

Agora iremos remover a TF 3608 e dar stop/start no serviço do SQL Server para verificarmos se a remoção do arquivo temp03 de fato ocorreu e analisar que sem a TF 3608 todas as bases são startadas e o recovery é executado após o restart do serviço.

tempdb files

tempdb2

ERRORLOG

ERRORLOG após remoção da TF 3608.

Bom pessoal, espero que isso possa ajudá-los no dia a dia. Remover arquivos do tempdb não é uma tarefa que se realiza com frequência nos ambientes, mas é importante sempre checar essas configurações para que o tempdb não esteja configurado de forma errada.
Até a próxima.

1º Meetup da Data Tuning

Fala galera! No dia 30/05 às 20Hrs estaremos apresentando nosso primeiro Meetup online! Falaremos um pouco sobre as novas Features de Performance que estão vindo no Microsoft SQL Server 2019. Todos estão convidados para participar deste evento que é totalmente gratuito e online! Para se inscrever e ver mais detalhes é só clicar no link abaixo:

https://www.meetup.com/pt-BR/Data-Tuning-Group/events/261596790